Vivendo o sobrenatural com Deus

Quero compartilhar com você o quanto Deus é magnífico. Ontem, estivemos na Grande Vigília na Zona Norte, liderada pelo Bispo Mário Alberto, presidente da CONIEV – Convenção Nacional das Igrejas Evangélicas. Junto com a Vigília tínhamos um evento paralelo, a Vigília Sobre Rodas, onde um grupo de pastores embarca em veículos, ônibus, vans ou carros particulares e percorrem os limites da Cidade de São Paulo, orando, intercedendo, descendo em pontos previamente marcados, realizando atos proféticos no local.

Havíamos acertado que os participantes da Vigília Sobre Rodas passaria na Quadra da Escola de Samba do Peruche, onde a Grande Vigília estava sendo realizado. Ato feito, demos sete voltas nas cercanias da quadra da Escola de Samba, orando e repreendendo as forças das trevas. Josué tinha as suas muralhas, as nossas fizemos questão de colocar em terra.

Ao adentrar a quadra da Peruche nos extasiamos, o estacionamento estava lotado com dezenas de veículos. Imediatamente sentimos que estávamos no mesmo propósito e unção do espírito das centenas de irmãos e irmãos que alegremente louvavam ao Senhor. Nunca tal se viu naquela quadra.

Crente é um tão ousado que ouvimos o pastor Tércio da Comunidade Rompendo em Fé afirmar que tomávamos posse daquele local (…). Nosso grupo era de aproximadamente 25 pastores. Imagine, a maioria de nós sem nem mesmo receber convites da organização da  vigília, subimos ao palco.

sobrenatural

O Apóstolo Mario Alberto foi mais que ligeiro e afirmou que em vista dos muitos bispos, pastores, evangelistas e missionários presentes no local, o palco não comportaria a todos, mas que todos os que estivessem no palco, desceria para a Quadra, e os participantes da Vigília Sobre Rodas daria sete voltas orando pelas pessoas que estavam no recinto, com outro grupo de pastores fazendo a cobertura espiritual.

Simplesmente maravilhoso! Sentimos que Deus em um ambiente de poder manifestado levantou pessoas, confirmando vocações, entusiasmando a outros, olhávamos para aquele povo e sentíamos que o céu estava na terra.

Cumprindo nosso propósito percorremos a Marginal do Tietê em oração. Seguindo depois ao Sambódromo. Lá fizemos orações especificas. No carnaval pais de santo percorrem o local despejando sangue de animais e fazendo oferendas, consagrando o ambiente para que os portais se abram e as pessoas que assistem ao desfile tenham o espírito disponível e suscetível a operação demoníaca.

“Porque, no meio de muitos sofrimentos e angústias de coração, vos escrevi, com muitas lágrimas, não para que ficásseis entristecidos, mas para que conhecêsseis o amor que vos consagro em grande medida”. 2 Co. 2.4

Selamos um concerto com Deus

Oferecemos o que tínhamos, nossas lágrimas. Ajoelhados, nos derramamos diante do Senhor. Olhava para o pastor Jorge Badaró, via o chão a sua frente molhado das lágrimas que caiam copiosamente. Os demais também choravam aos pés do Senhor, lançando a semente, tendo a certeza que a mesma germinaria e daria os preciosos frutos. Sl 126. 5

Temas Relacionado:

Fizemos um concerto com o Senhor, pedimos perdão dos pecados do povo, nos sentimos igual a Esdras e Neemias. (Ed 9; Ne 9. 32-38). Dali, fomos até o Campo de Marte profetizar o êxito do Festival Promessas. Fomos em seguida até a Ponte das Bandeiras, onde cumprimos missão estratégica. O meu coração não comporta tanta gratidão e tanta graça do Senhor.

Está havendo um poderoso avivamento na Zona Norte de São Paulo. As igrejas estão se aproximando, criando agendas comuns de oração. Os pastores tem incentivado os seus liderados a orarem. A transformação está visível e sendo vivida e sentida por todos. Vale um Glória!

Vivendo o sobrenatural com Deus

Tempo de leitura: 3 min