Que tipo de exemplo você é (vida cristã)

É uma benção, quando alguém vive sua vida de forma que inspira outros a buscar a Deus. Quando Paulo diz seja um exemplo, ele quer dizer, seja um modelo. O primeiro carro que sai da linha de montagem é um protótipo, um modelo para os carros seguintes.

Pessoalmente, quando Paulo instrui a Timóteo para ser um exemplo, um modelo, ele diz, em outras palavras para ele ser perfeito. Mas mesmo que não o sejamos, esse deve ser o nosso alvo.

Ninguém despreze a tua mocidade; mas seja o exemplo dos fiéis, na palavra, no trato, no amor, no espírito, na fé, na pureza. 1 Tm 4. 12

Quando falamos, nos comprometemos. Quando você fala, a sua credibilidade está em jogo. Por isso, nunca se precipite a falar. Quando falamos, liberamos algo, bom ou mau – e não temos poder de fazer voltar atrás. Você pode até pedir desculpas, mas vai ter de reconstruir a sua credibilidade com a pessoa com quem falou, ou de quem falou.

O Salmo 19. 14 diz: “Sejam agradáveis as palavras da minha boca e a meditação do meu coração perante a tua face, SENHOR, Rocha minha e Redentor meu! “

Um poeta escreveu: “Uma palavra descuidada pode instigar a contenda; uma palavra cruel pode arruinar uma vida; uma palavra graciosa pode amenizar o caminho; uma palavra alegre pode iluminar o dia; uma palavra oportuna pode aliviar o estresse; uma palavra amorosa pode curar e abençoar.”

Portanto, que as suas palavras edifiquem a fé de outra pessoa, pois elas lutam contra a duvida e o medo. Que ela seja consoladora, pois temos feridas que os outros não vêm. Que sejam animadoras, pois as pessoas têm sido derrotadas pela critica e desânimo.

Que elas tranqüilizem, pois Deus prometeu abençoá-lo, se você for um pacificador. E que as suas palavras ajudem você a construir o caráter de outros, assim você deixará as pessoas melhores do que quando as encontrou.

1-Seja um exemplo no comportamento

exemplo

1 – O comportamento cristão, como estilo de vida (v.17-19) Devemos agir como crente.

2 – Comportamento cristão, para nos revestir do novo homem (v.20-24) O velho homem significa andar na carne, o novo significa andar no Espírito.

3 – Comportamento cristão, para mostrar a ética do novo homem (v.25-32)

2-Seja um exemplo no amor

1 – Lucas 6. 35-36, palavras de Jesus, nos deixam de joelhos, perante Deus; elas nos humilham, pois na hora de praticar, deixamos a desejar. Quem é que ama o inimigo, enquanto inimigo? Quem é que empresta sem esperar receber?

2 – Só duas pessoas tentaram explicar Deus. E os dois estão no Novo Testamento. Um foi Jesus, que disse que Deus é Espírito, e o outro corajoso foi João, que disse que Deus é amor. O amor vem de Deus.

3 – Muitas vezes amamos por conveniência. Amamos a quem queremos, a quem decidimos amar. Para termos o amor altruísta, que ama a qualquer um, que se doa, precisamos orar a Deus e pedir que Ele nos faça amar as pessoas. E uma maneira que Deus nos faz amar é pelas provações.

Quem foi provado sabe o que é passar fome, ou sede, ou dor, e vendo alguém no mesmo estado se condói pelo outro, ama o outro e quer ajudá-lo.

4 – Precisamos da misericórdia de Deus, para termos misericórdia. O amor exige ação, mais do que teoria. Amar é gostar, apesar de qualquer coisa.

3-Seja um exemplo no espírito

1 – Não somente devemos ser exemplos dos crentes em nossa linguagem, procedimento e amor para com outros, mas também devemos ser um exemplo em nossas atitudes interiores. Para ser um exemplo “em espírito” significa não somente fazer exteriormente o que sabemos ser certo e honrável a Deus, mas sim fazê-lo com a atitude certa.

Frequentemente, quando nossos pais, professores, pastores ou patrões nos mandam fazer algo, fazemos porque não temos outra opção senão obedecer.

Todavia, interiormente estamos frustrados, irritados ou zangados com o que nos mandaram fazer, e deixamos todo mundo saber como nos sentimos mediante a nossa resposta descontente. Nossas expressões faciais, nossas maneiras ou até o tom das nossas vozes muitas vezes revelam a atitude de nossos corações.

2 – Nós todos podemos recordar certas vezes que arruinamos nosso testemunho na frente de outros crentes ou até mesmo não crentes, não porque falhamos em ser responsáveis ou obedientes, mas porque outras pessoas perceberam que a nossa atitude foi muito feia. A Palavra de Deus nos ensina, por outro lado, a fazermos tudo para a glória de Deus (1 Co 10. 31).

O apóstolo Paulo nos diz: “Tudo quanto fizerdes, fazei-o de todo o coração, como para o Senhor, e não para homens” (Cl 3. 23). É impossível para nós fazermos tudo para a glória de Deus e simultaneamente possuirmos uma atitude ruim.

3 – Para ser um exemplo dos crentes em espírito significa que não somente fazemos tudo para a glória de Deus com uma atitude conveniente, mas significa que o nosso homem interior conforma-se com a vontade de Cristo. Devemos fazer a coisa certa pela razão certa.

4-Seja um exemplo na fé

Temos que ser um exemplo para os outros na nossa fé. Devemos saber no que acreditamos e porque acreditamos. A palavra “fé” nesse versículo não significa simplesmente que acreditamos em algo, mas que estamos firmemente convictos do que acreditamos. Devemos estar persuadidos de que a Palavra de Deus é a autoridade final sobre todos os assuntos da vida. Devemos estudá-la e conhecê-la.

A única vez que a Bíblia diz como o povo de Deus pode ser derrotado está em Oséias 4. 6 O meu povo foi destruído, porque lhe faltou o conhecimento.” Mas o que Paulo fala sobre o exemplo de fé se refere a 1 Tm 4. 1: “Mas o Espírito expressamente diz que nos últimos tempos apostatarão alguns da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores, e a doutrinas de demônios.” Ser um exemplo na fé é não se desviar. Seja firme!

5-Seja um exemplo na pureza

Vejo aqui dois sentidos. Um deles fala sobre sermos santos. 1 Pedro 1. 16 diz: “Sede santos, porque eu sou santo.” E Hebreus 12. 14 diz: “Segui a paz com todos, e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor.” Sem santidade a benção não vai se manifestar.

A pureza tem a ver com impureza, com poluição, contaminação. Então, sede um exemplo… Na pureza, significa, sede um exemplo na separação, ou na falta de contaminação; ou ainda quer dizer: não se contamine!

Vivemos em dias de total contaminação espiritual. Olhe em volta e julgue você mesmo. 2 Co 10. 3-5 diz: Pois, embora vivamos como homens, não lutamos segundo os padrões humanos. As armas com as quais lutamos não são humanas; pelo contrário, são poderosas em Deus para destruir fortalezas.

Temas Relacionado:

Destruímos argumentos e toda pretensão que se levanta contra o conhecimento de Deus, e levamos cativo todo pensamento, para torná-lo obediente a Cristo!”

Paulo Sérgio Lários

Paulo Sérgio é Presbitero, tecnico de informática e escritor

Que tipo de exemplo você é (vida cristã)

Tempo de leitura: 5 min