Paranormal Withness e o demônio que não gostava da Bíblia

Voltamos com mais um artigo sobre Cultura e Variedades. No artigo  A verdade sobre os filmes de terror, trouxemos informações a respeito dos filmes de terror. Na postagem seguinte fizemos uma consideração a respeito se Crentes devem assistir a filmes de terror. Agora vamos falar da série Paranormal Witness. Bora lá 😛

Estava assistindo a uma série nova de TV a Cabo: Paranormal Witness e notei o quanto nós cristãos conhecemos alguns casos sobrenaturais que acontecem no mundo.

Para essa minha primeira história fantástica quero falar um pouco dessa série nova, que se diz baseada em fatos reais, de fatos considerados sobrenaturais e sem explicação. Será mesmo que não existe explicação para isso?

A série Paranormal Witness é um drama no formato de documentários baseado em histórias reais que retratam as experiências paranormais de pessoas comuns que afirmam terem presenciado experiências com fantasmas, espíritos, assombrações ou possessões.

Tivemos uma consideração muita oportuna do leitor Victor Melo, que possui um blog sobre cinema, o Monstro Atômico, estive lá dando uma olhada, bem construído e de leitura agradável.

Primeiro episódio de Paranormal Withness

Paranormal Withness

A série nova de TV a cabo, Paranormal Withness, está passando no canal Sify é mostrada como um documentário dramatizado de fatos sobrenaturais que se diz que ocorreram de verdade. Não assisti o restante, mas nesse primeiro episódio, uma família composta de pai, mãe e uma menina de uns seis anos vão morar numa casa nova que foi vendida por um preço muito barato. Logo começam a ocorrer coisas estranhas na casa. A mãe nota que a filha conversa com uma amiga invisível.

A principio acha isso coisa de criança, mas a menina começa a cantar uma musica que ninguém nunca a ensinara. Objetos começam a sair do lugar e até voar pela casa. A amiga invisível da menina começa a ficar violenta com o tempo. O pai teve também uma experiência no banheiro onde um vulto lhe apareceu.

A mãe foi com os dias se apavorando cada vez mais, pois a menina realmente acreditava numa amiguinha real. A mãe a levou a um psiquiatra, que disse que não era nada. Um dia a menina veio correndo dizer ao pai que havia rostos brancos na janela, no segundo andar. Ele correu até o quarto e viu um rosto olhando feio pra ele.

O pai passou a imaginar que alguém o observava constantemente, quando estava dentro de casa. Ele já não conseguia dormir direito porque sentia aquela presença olhando pra ele a todo o tempo.  Contrataram então uma médium para descobrir o que ocorria.

A médium primeiro ficou um longo tempo com os olhos parados no vácuo, para depois começar a cantar a mesma musica que a menina cantava. A médium disse que ele mandou tirar as três Bíblias da casa, senão não falaria com eles.

O demônio e as 3 bíblias da casa

O pai e a mãe notaram que era “ele” e não a garotinha invisível. Eles entenderam que o homem invisível, ou o espírito maligno que estava na casa, queria “levar” a menina.

O espírito exigiu que fossem tiradas as três Bíblias da casa, mas eles só tinham duas, que colocaram para fora de casa. Mas a médium, tomada, disse que o homem só falaria com eles se a outra Bíblia fosse tirada. Reviraram a casa toda e acabaram descobrindo que havia uma Bíblia, que alguém deu para a sua filha e que estava no travesseiro dela.

Tiraram a Bíblia da casa e a médium lhes disse o quanto o homem os odiava. Levaram a filha, então para ficar um fim de semana em outra casa. O pai, sem dormir à noite, sentindo que alguém o observava no seu quarto fechado, ele e a esposa dormindo, ou deitados, foi possuído e tentou enforcar a esposa, que sabia que não era o seu marido, pelo olhar que ele lhe dava. Ela conseguiu correr e sair da casa, de madrugada.

Decidiram sair imediatamente da casa e fugiram de lá, deixando seus móveis para trás e não retornando. Conseguiram vender a casa numa imobiliária. Novos moradores não conseguiam ficar mais do que um ano na casa.

Fantasmas não existem

Paranormal Withness

Você acredita que existem fantasmas? Não? Nem eu! Essa história, nós já ouvimos em outros lugares, não é mesmo? Lembro-me que há muitos anos atrás, passava, lá pelas uma da tarde, na Rádio Tupi, AM, um programa assim, meio metido a fantasmas reais. Eu tinha uns 10 anos e ficava arrepiado em ouvir aqueles casos. A minha mãe ouvia aquilo todos os dias, enquanto as crianças estavam brincando no quintal.

Entenda definitivamente o seguinte, não existem fantasmas, mas existem espíritos que nos odeiam. Não acredito que a casa, relatada na história de um casal americano, estivesse amaldiçoada. Mas acredito que espíritos malignos querem nos fazer maldades e quem sabe nos levar à morte.

Eu orei antes de começar a escrever isso, para saber se Deus estava na história, ou se era apenas uma vontade minha. Entendo que Deus quer que eu fale isso e mais. Esse versículo foi tirado antes de começar a escrever: “Esta é a palavra que o Senhor falou pelo profeta Jeremias acerca da Babilônia e da terra dos babilônios: ‘Anunciem e proclamem entre as nações, ergam um sinal e proclamem; não escondam nada”.  Jr 50. 1-2

Dito isso, acredito que o Senhor, está me recordando um fato que um irmão nos disse. Ele dormia. Acordou e viu a sua avó, estava sentada na sua cama, olhando pra ele. Mas ela havia morrido! Na hora o irmão ficou meio sem ação, mas entendeu imediatamente que a avó morta não poderia voltar da morte.

Então só poderia ser um demônio e ele começou a clamar, repreendendo o espírito maligno, que se travestiu da sua avó. Até que a aparição foi embora e não voltou mais.

A médium

O casal americano fez muito errado, mas acredito que era o que sabiam, ou poderiam saber no momento e chamaram uma médium. Uma médium é uma pessoa que recebe espíritos malignos e conversa com eles e é um canal para que eles conversem com os seres humanos.

Eu já vi isso acontecer muitas vezes e hoje posso dizer com absoluto conhecimento de causa que o médium é alguém possuído por demônios e os espíritos são na verdade anjos caídos, da revolta que houve no céu. Em qualquer caso chame os crentes, os cristãos para que expulsem da sua casa ou da sua vida qualquer manifestação demoníaca que possa estar atrapalhando.

Eu via vultos quando comecei a ler a Bíblia e acabei me convertendo lendo a Bíblia. Os vultos que via era para que eu não lesse a Bíblia, mas a insistência em não me deixar ler, me fazia ler mais. De alguma maneira eu sabia que os vultos apareciam porque eu estava lendo a Bíblia, pois nunca tive isso antes.

O demônio da série Paranormal Withness

Você vê a força da Bíblia, que impedia que o demônio agisse livremente naquela família, só pelo fato de existir bíblias dentro da casa. A Bíblia é um livro vivo. Se a lermos em reverência e fé, entendemos claramente Deus falando conosco e com a humanidade.

A Bíblia não é só do crente pentecostal, ou tradicional, mas de todo aquele que queira encontrar a Deus e precise dEle. Eu preciso. Minha família precisa. O mal só vai crescer, se não houver um rompimento sério, em Deus, uma batalha contra isso. E isso fazemos indo à Igreja e nos convertendo.

Tenho um cunhado que diz, do seu jeito, que todos nós devemos nos cuidar, pois existem coisas no mundo que ninguém explica e que vão além desse mundo. O cara não sabe nada de Bíblia e fala isso, veja só.  Só acredito no cristianismo e não recomendo qualquer tipo de outra religião, a não ser o cristianismo, de nada vai adiantar.

A mesa branca, que é espiritismo diz ler e estudar a Bíblia. Sinceramente considero isso um absurdo, pois o espiritismo, como o nome já diz, busca espíritos de mortos e morto está morto. O que está ai não é o “seu morto”, mas um espírito maligno que quer lhe fazer mal. Fuja do Espiritismo. Larga isso.

Rompa definitivamente com o mal

Quando ia na macumba, os “guias”, quer dizer: anjos caídos do céu e destinados ao inferno, prometeram me matar. Bom, eu ainda estou aqui, já tendo ai uns vinte anos de crente. É interessante que num centro em Pinheiros, onde ia, os demônios me falaram duas vezes que iriam me dar tudo, riqueza, mulheres, fama… Aquela velha história furada deles, sabe como é, se eu não fosse para o outro lado.

Como é que é? Dizia eu, tem um outro lado, mais forte que isso aqui, pois é lá que eu vou então. E fui. Hoje sou cristão, crente mesmo, e afirmo que o cristianismo bíblico é superior a qualquer demônio que possa existir.

Sobrenatural é além do natural, da nossa realidade. Acredito que um homem, ou mulher, em Deus, poderá orar de forma sobrenatural. Deus fará com que coisas sobrenaturais aconteçam, vindas do Trono de Deus para nós.

Temas Relacionados:

E por fim, se você está passando algum problema com sobrenatural, fantasmas ou qualquer coisa do assunto, repreenda em Nome de Jesus e vai ter que ir embora. Peça oração numa Igreja cristã, se for preciso e você será livre, liberta, de todo mal.

Paulo Sérgio Lários

Paulo Sérgio é Presbitero, tecnico de informática e escritor

Paranormal Withness e o demônio que não gostava da Bíblia

Tempo de leitura: 7 min