Onde a igreja precisa orar, nos montes ou fazendo vigílias?

Bem, talvez você não vá concordar com o que vamos expor aqui. Mas antes de fazer qualquer pré-julgamento, leia o texto e tente interpretá-lo, digo compreendê-lo a luz da hermenêutica. (Interpretar as palavras para não sair falando o que o autor não quis ou disse no seu texto).

Em primeiro lugar, não há lugar algum escrito na Bíblia em que o cristão deve deixar de orar a Deus na Igreja (Templo), ou no recanto do seu lar para ir à montes. Atentemos para o texto: “Quando orares entra no teu quarto”. Jesus Cristo ensinando aos seus discípulos como deviam orar. Ele não disse para ir ao templo ou sinagoga.

No Antigo Testamento Salomão é instigado por Deus a buscá-Lo no templo. Ali estava o lugar consagrado para se buscar a face de Deus – 2 Cr 7. 14-16. Jesus contestou com alguns defendendo o Templo como o lugar sagrado para se buscar a Deus, não existe o contrário disso.

A Bíblia diz que devemos orar sempre e buscar a face do Senhor. Devemos ter o cuidado para não interpretarmos errado o que o texto sagrado diz que, devemos orar “Em todo tempo”Ef 6. 10-20. Então, não existem lugares específicos, com exceção do Templo para se buscar a Deus. Pela lógica bíblica o lugar mais adequado é onde se consagrou para adorar o Rei dos reis e Senhor dos senhores.

A Bíblia não proíbe de ir orar no monte

vigílias

Dessa forma, não estamos dizendo que a Bíblia proíbe se orar nos montes, mas também não autoriza e nem deve ser fator doutrinário para que os cristãos vão a montes. E outra coisa também é que, ninguém se torna super crente por orar nos montes. Pensar dessa forma é não conhecer a Deus.

Jesus quebrou esse paradigma entre os judeus e samaritanos dizendo à mulher de Samaria: “Nem neste monte, e nem em Jerusalém; pois Deus é Espírito, e importa que os que o adore, adorem em Espírito e em Verdade” – Jo 4. 20-24

Então, diante disso, qual é o lugar que devemos buscar a Deus? A resposta é, quando sentirmos a necessidade de se buscar a face do Senhor. A hora e o lugar não é o mais importante. A Bíblia diz: “Orando em todo o tempo, com toda a oração e súplica no Espírito”- Ef 6. 10-22.

Definição de vigília

O termo vigília é definido como  “a condição de quem está desperto, acordado”. No sentido bíblico podemos classificar vigília como um período noturno em que alguém ou um grupo se reúne para orar com um objetivo claro e especifico. A Igreja primitiva se reunia para orar querendo resolver determinada situação.

Lucas relata em Atos a prisão de Pedro. Não que havia uma vigília propriamente dita, mas a razão da reunião de oração era para que Pedro fosse solto. E é isso que ocorreu, pois Deus ouviu as orações e o Anjo do Senhor soltou as prisões, então, às coisas muitas vezes são praticadas sem base ou doutrina Bíblica.

Ressaltamos que não estamos aqui nos posicionando contra as vigílias em algumas igrejas. O fundamento da Igreja está em Cristo Jesus, e na doutrina dos apóstolos. Fora disso é inovação com heresias, sem que haja crescimento na Graça e no conhecimento de Deus.

Sirvo a Jesus Cristo há 30 anos. Lembro-me muito bem que participávamos de vigílias, estas vigílias eram coordenadas pela igreja e com antecedência, e sempre tinham propósitos definidos. Aquilo era vigília, pois Jesus curava, renovava cristãos, batizava com o Espírito Santo e dava dons Espirituais a igreja. Cada crente se tornava um servo cheio de fogo para sair ao campo evangelizando, e ganhando as almas para Jesus.

As vigílias se parecem mais com shows gospel

vigílias

E hoje? As vigílias em algumas igrejas parecem mais movimentos religiosos, onde as pessoas querem mais é aparecer, ou pra ver quem é mais espiritual ou quem prega melhor. Não, isso não pode ser denominado de vigília. Não buscamos a Deus para aparecermos, pelo contrário, que Cristo apareça em cada cristão.

Não buscamos a Deus para dizer ou acharmos que somos mais espirituais do que alguns. A intenção de se orar ou participarmos de algumas vigílias é para fortalecermo-nos no “Senhor e na Força do seu Poder” – Ef 6.10-15. Todavia, os dias são maus, e é preciso que clamemos a Deus, pois Satanás anda a caça daqueles que andam brincado de ser crente.

Portanto, você que serve a Deus, busque-O de todo o seu coração com a sinceridade. Porém, fique sabendo que Ele nos responde quando o buscamo de todo o nosso coração – “Buscar-me-Ei, e me achareis, quando mim buscardes de todo o vosso coração…”

Temas Relacionados:

Concluindo, afirmo que, seja em vigílias ou em qualquer lugar, se não houver o senso de sinceridade diante do Senhor, estamos apenas perdendo o nosso tempo. O ditoso apostolo Paulo disse: “Portanto, quer comais, quer bebais, ou façais qualquer outra cousa, fazei tudo para a Glória de Deus” – 1 Co 10. 31

José Roberto de Melo

Pr. José Roberto de Melo é Bacharel em Teologia, Professor, Escritor e Graduado em Direito

Onde a igreja precisa orar, nos montes ou fazendo vigílias?

Tempo de leitura: 4 min