O pregador deve ter sabedoria ou informação?

Parece-me que não estamos parando para meditar em algumas situações que se nos mostram corriqueiras. Talvez, penso eu, porque estamos muito expostos a essas situações e não nos damos conta que existem diferenciações. Estou me referindo ao assunto importantíssimo, será que o pregador, é sábio ou é informado. O que estamos ouvindo é sabedoria de Deus, portanto um dom, ou é informação coletada na internet ou em livros? Mais do que tudo, imagino, que faltam-nos pregadores, profetas, vindos da parte de Deus, para essa geração.

Temos ouvido muitas coisas e nem todas estão nos edificando. Tenho ido à igreja, mas a Palavra que está vindo não está me alimentando. Estou muito preocupado a respeito disso, por mim e por quem mais possa estar passando pela mesma situação.

Há muita informação em nossos púlpitos que não enchem o nosso coração de Deus, assim como ouvimos muita musica, que não nos transporta para a presença do Pai. Falar e apresentar dados são só conhecimento. Pregação é diferente de informação. A comunicação não salva, não liberta, não faz nada. Talvez, desinforme e confunda.

Não queremos dados a respeito da Bíblia, nós queremos e precisamos de interpretação da Bíblia, que é o mesmo que revelação. Queremos que Deus revele a Bíblia, que revele para nós os caminhos que devemos seguir e como seguir. precisamos de informação, mas também precisamos do Espírito Santo.

Os dois tipos de sabedoria

O resumo de sabedoria é o seguinte:

1. Sabedoria, do grego “Sophia”, é o que o “sábio” tem (em grego “sophos”).

2. Sabedoria é a capacidade de discernir corretamente.

A principio a sabedoria estava ligado aos filósofos. Posteriormente entendemos o sábio como o cientista, ou o culto. Existem dois tipos de sabedoria, a humana e a divina. A sabedoria humana são as capacitações que a pessoa adquiriu com o tempo, ou com cursos, como o eletricista que aprendeu o oficio, ou a enfermeira.

A sabedoria humana também nos fala a respeito de entendermos os assuntos, ou situações que poderão ser propícios a nós, ou não. O tempo nos torna sábios, em não entrar em certas situações, ou andar com certas pessoas. Por outro lado sabedoria divina é o mesmo que capacitação de Deus para entender as coisas de Deus e do homem, visando a salvação do homem.

O princípio da sabedoria é temer a Deus

informação

Temor significa respeito, reverencia, crer em Deus. O principio para se adquirir sabedoria divina é respeitar a Deus, ter reverencia pelas coisas sagradas. (Sl 111. 10). Deus quer dar sabedoria ao homem, mas é claro que é a dEle. A sabedoria humana está corrompida pelo pecado.

Quando Deus instituiu o oficio sacerdotal, Ele instruiu diretamente alguns homens dando-lhes sabedoria divina para fazerem as obras do Sistema Sacrificial. O que vem aqui descrito como sabedoria é unção. Deus deu unção a eles para que fizessem conforme o modelo dado a Moisés, a respeito da Arca, ou da vestimenta sacerdotal. Quando a obra acabou Deus retirou essa informação de seus corações e eles na sabiam mais como fazer.

Deus deu àqueles homens que construíram o Tabernáculo uma unção para uma obra especifica; findada a obra a unção acabou. Deus dá uma unção para uma obra especifica para o nosso tempo, ou a nossa geração, que é a unção para a pregação da Palavra de Deus. Um grande problema que vejo a respeito da pregação da Palavra de Deus, é que os homens querem pregar diferentemente do que Deus quer que preguem.

Os homens simplesmente acreditam que sabem realmente o que é que a congregação precisa ouvir, ou fazer, e acreditam – de novo o termo -, que sabem o que é melhor para o povo, mais do que Deus. Pregar o que nós queremos não é pregar a Palavra de Deus, mas presunção humana, carnal e, portanto: maligna.

Todos os cultos são diferentes

Por um único motivo, as pessoas são diferentes, ou o dia é outro, ou então pode muito bem ter ocorrido algum problema com os irmãos. Como saber quem é que veio ao culto com dores, ou falido, ou com uma decisão muito grave a tomar? Como saber o que dizer aos irmãos, dizer uma Palavra que alcance a todos, num único sermão, durante pouco mais de meia hora?

Só Deus conhece os corações e os problemas de todos, assim como só Ele sabe o que dizer para surtir efeitos, assim que a Palavra seja liberada pelo pregador. A preparação do pregador é orar, jejuar, ler e estudar muito, para que a obra do Espírito Santo, que é de revelação aconteça.

Deus não vai revelar grandes segredos da palavra dEle, se você não sabe nem as mínimas. A revelação de Deus, como vemos nas Escrituras é progressivo. Temo que a nossa vida seja muito pouco para entender todo o plano de Deus para a raça humana. O que podemos fazer é avançar e deixar registrado o que conseguimos aprender para as próximas gerações. Forçamos as revelações, quando temos preguiça de sempre trazer para a igreja uma palavra mais profunda que a anterior. Sei que Deus nos honra, pois Ele tem cada dia dado mais Palavras reveladas e profundas, àqueles que honram o oficio de pregador.

O Apóstolo Paulo foi além da informação

Paulo esforçou-se em compreender o que Deus lhe falava e então Cartas foram surgindo, uma mais profunda do que a outra. As meditações de Paulo o levaram até Efésios, Gálatas e Romanos, que é considerado o Evangelho de Paulo. Há quem diga que se a Bíblia fosse composta unicamente do Evangelho de João e da Carta de Paulo aos Romanos, ainda assim, a humanidade saberia muito bem qual era o plano de salvação de Deus.

Temas Relacionado:

Pegador aprofunde as suas pregações, Deus está te ouvindo. Os anjos estão te ouvindo; demônios estão te ouvindo; seu próximo e sua família estão te ouvindo. Que Deus abençoe os pregadores.

Paulo Sérgio Lários

Paulo Sérgio é Presbitero, tecnico de informática e escritor

O pregador deve ter sabedoria ou informação?

Tempo de leitura: 4 min