O Mestre perdoa o pecador

mestre
A mulher pecadora diante do Mestre Jesus

No último jantar, o Mestre dos Mestres estava profundamente entristecido com seus discípulos. O mais inteligente deles, Judas Iscariotes, iria traí-lo; o mais forte, Pedro, iria negá-lo. Qual destes crimes é maior? Ambos os crimes foram gravíssimos. Judas o traiu uma vez, Pedro o negou três vezes, e com veêmencia.

Mas as lições que Ele nos deu são bombásticas. Mas Ele não puniu seu traidor. Ao contrário, deu-lhe um pedaço de pão, mostrou em código que não tinha medo de ser traído, mas sim de perder um amigo. assim, revelou que os nossos erros dever ser corrigidos com o nutriente da educação, simbolizado pelo pão. Nem condenou seu negador, Pedro.

Ao contrário, alcançou-o com um sublime olhar no exato momento em que Pedro vomitava a história que juntos viveram. Gritou para ele sem usar a voz: eu o compreendo!

Deu a Pedro e a Judas ferramentas para domesticarem o fantasma da culpa e dos erros e, assim, recomeçarem tudo de novo. Só Pedro as utilizou. Judas foi dilacerado pelo seu fantasma. O vendedor de sonhos – A revolução dos anônimos. Augusto Cury

O Mestre perdoa o pecador

Tempo de leitura: 1 min