Lições para o novo convertido entender melhor a vida cristã

Este é um estudo bíblico para novo convertido, uma orientação cristã. O primeiro questionamento do recém-convertido é: “Aceitei Jesus, e agora?” Essa é uma boa pergunta que poderá acarretar muitas respostas. Lendo alguns manuais para Novos Convertidos, detectei que esses começam a ensinar de cara teologia, que é o estudo da Palavra de Deus, mas eu fiquei imaginando que faltava algo mais direto.

E agora, imediato, já? Aceitei Jesus, sou novo convertido, e como é ser ovelha agora? O que faço e como faço? Imaginei alguns fatos que o Novo Convertido precisa saber, me acompanhe na leitura.

Antes de prosseguirmos, saliento que toda vez que fizer menção de Igreja, o farei na sua forma genérica, sem especificar denominação ou ministério.

Hoje em dia está ocorrendo um evento único na história eclesiástica, que são aquelas pessoas que se professam cristãs, mas que não tem uma templo para congregar. Não ter uma congregação é errado e não bíblico. Hebreus 10. 25 ensina: “Não deixando a nossa congregação, como é costume de alguns, antes admoestando-nos uns aos outros; e tanto mais, quanto vedes que se vai aproximando aquele dia.”

Todo cristão precisa de uma Igreja, aliás, explica-se a nossa existência quando entramos na presença de Deus. O crente é explicado no culto, na Igreja. Local de crente é na Igreja. Infelizmente hoje em dia temos alguns apoios que estão transformando em evento principal, como substituir ir à Casa de Deus, para assistir o culto na TV, ou na internet. Não é bíblico o crente que não tem igreja.

A igreja certa para o novo convertido

novo convertido

E como encontrar a denominação certa, ou que é a mais correta para nós? Temos muitas igrejas, mas o mais correto pra mim, parece que é seguir o direcionamento que o Espírito Santo coloca em nossos corações. Existe, também, entendimento em saber se uma denominação é mais correta do que outra, pois uma Igreja precisa ter uma boa Palavra que fale conosco.

A Igreja precisa ser sóbria, ensinar a sã doutrina, ser cheia do Espírito Santo e unção e ter obreiros sérios de Deus comprometidos com a obra.

O novo convertido acaba sendo arrastado muitas vezes para igrejas de movimento, que tem lideres carismáticos, que passam na TV, que é a Igreja do vizinho, do outro e não deve ser assim.

Eu sugiro a principio congregar perto da sua casa. Conheça as igrejas que são merecedoras da sua atenção. Observe onde você será mais bem recebido. Veja se os costumes deles coadunam com os seus. Vá freqüentando e conhecendo, e Deus vai colocar no seu coração em qual ficar, mas não deixe de congregar, de maneira alguma.

O novo convertido precisa ter um pastor

Quando o novo convertido entender em qual lugar Deus quer que ele o sirva, então é à hora de se apresentar ao Pastor da Igreja e se emembrar a ela, quer dizer, fazer parte da congregação. Todo e qualquer crente precisa ter uma liderança sobre si. Todo mundo precisa ter alguém que ore por nós e que libere Palavras de Deus para nós.

Tem gente, como já sabemos, que devido à enorme quantidade de igrejas na atualidade, todo dia vai numa diferente, perambulando de uma Igreja a outra. Recentemente eu me irritei com um irmão e lhe disse que o que ele estava fazendo era errado.

Ouvindo ele que estou recebendo bênçãos na Igreja que faço parte, ele que quando tem, faz uma campanha na quarta à tarde numa outra, sexta vai numa outra e segunda vai naquela que mais se identifica e por ouvir que estamos sendo abençoados queria nos dar o dizimo, pra mim e a minha esposa para trazermos à nossa igreja. Eu me irritei e lhe dei a entender que não se barganha com Deus. E se você está indo naquela congregação, que você mais se identifica, então de o seu dizimo ali e não em outro lugar.

Vivemos num mundo tenebroso, onde demônios convivem conosco. Quando estamos mais espirituais chegamos a ver rapidamente um ou outro deles, pois Deus nos mostra. Deus instruiu assim, que congregássemos em algum lugar e que fossemos submissos a uma liderança espiritual.

Sabemos que o camarada não está muito correto quando perguntado sobre o seu pastor e se ele conhece e sabe ao menos o seu nome, o camarada se engasga todo. Ovelha sem pastor é ovelha desgarrada. Se no rebanho o lobo já nos ataca, imagine você sozinho no campo? Pensa nisso!

O novo convertido e o devocional

O que é Devocional? Devocional é aquele período do dia em que separamos um tempo significativo para estar em comunhão com Deus de forma mais íntima. Tempo este que gastamos adorando-O, louvando-O, cultuando-O, lendo a Bíblia e orando. É bom que tenha num tempo devocional: oração, louvor, leitura e meditação da Palavra.

O maior problema para a prática devocional é a falta de tempo. Mas desse tempo, nós não poderemos abrir mão e precisamos nos organizar de forma a termos um período do dia, ou da semana, em que podemos nos dedicar a ficar a sós com Deus. Eu sempre gostei muito desses momentos, pois saímos deles cheios do Espírito Santo, direcionados.

Há alguns desses momentos em que Deus fala mais claramente do que outras; em que o louvor sobe mais redondo; em que Deus revela melhor sua Palavra. Eu não abro mão do meu devocional de jeito nenhum. Não só o novo convertido, mas todos os cristãos devem ter um tempo a sós com Deus.

O novo convertido precisa estudar a Biblia

Diferentemente de ler a Bíblia de maneira devocional, precisamos ler e estudar a Bíblia de maneira ordenada e dirigida também. Certa vez um irmão me perguntou por onde deveria começar a ler a Bíblia e acredito que esperava ter outra resposta minha e o que lhe disse foi o seguinte: “Você perguntou por onde deve começar a ler a Bíblia, bom, eu acho que deve começar do começo, da primeira página e seguir até a ultima. Leia uma, duas, quantas vezes for necessária.

A primeira leitura da Bíblia deveria ser apenas de reconhecimento. Da segunda em diante já estaremos entendendo mais a sua estrutura e enxergaremos mais do que antes”. A Bíblia é um livro denso, feito em camadas. Numa primeira leitura entendemos certas verdades, se a estudarmos profundamente entenderemos outras grandes verdades, e se estivermos em períodos devocionais, ou espirituais diferenciados, como em jejum, o Espírito Santo nos revela segredos escondidos.

Hoje eu ensino que devemos começar a ler a Bíblia a partir do Novo Testamento, principalmente a partir dos evangelhos, ou seja, dos primeiros quatro livros do inicio do NT, que são Mateus, Marcos, Lucas e João.

Nossa Bíblia é dividida em Nome do livro, que é o título e os textos que são divididos em subtítulos. Dependendo do livro, alguns capítulos são subdivididos. Entender as subdivisões e o que elas dizem ajudam a entender o capítulo e a leitura e o entendimento de todas as subdivisões ajuda a entender o livro todo e a mensagem que aquele livro bíblico quer dizer.

A Estrutura da Bíblia é simples

O Novo Testamento

Evangelhos, Cartas de Paulo, Cartas Gerais e Apocalipse.

A Bíblia fala claramente que Paulo é o Apóstolo dos gentios, aqueles que não são judeus, a Igreja. Se a Bíblia tem cartas especificas para a Igreja, essas mais do que as outras são as que devemos conhecer profundamente, que são as Cartas de Paulo. As palavras de Paulo precisam ser compreendidas e assimiladas de forma entranhada pela Igreja.

O Antigo Testamento

Pentateuco, que são os cinco primeiros livros escritos por Moisés; os livros históricos; os livros de poesia, Profetas Maiores e Profetas Menores.

Será muito bom termos várias Bíblias diferentes: Na Linguagem de Hoje, que é a mais orientada para o Novo Convertido, a NVI Nova Linguagem Internacional, e as outras mais comuns são a tradução Ferreira de Almeida. O ideal seria lermos uma Bíblia por período de tempo, tipo dois anos, por exemplo. Se pegar firme, conseguimos ler a Bíblia inteira em alguns meses.

Temos hoje em dia muitas Bíblias de Estudo, adquira pelo menos duas ou três diferentes. Temos acesso pela internet a milhões de livros evangélicos de graça. O acesso a livrarias evangélicas é fácil, a distância de um ônibus. Qualquer um pode fazer um seminário bíblico, que é como uma escola de Bíblia.

E por fim, não menos importante, leia livros de Teologia Sistemática. Veja quais são as com maior saída nas livrarias e leia. Você tem a opção de baixa-las na internet. Eu particularmente indico três Teologias Sistemáticas que acredito são as melhores da atualidade:

As 3 melhores teologias sistemáticas

1 – Teologia Sistemática de Louis Berkhof – Essa foi a grande obra da vida desse irmão. Essa Teologia é quase exaustiva. Ele fala muito e sem pressa das maiores doutrinas bíblicas.

2 – Conhecendo as Doutrinas da Bíblia  de Mier Pearlman – Esse livro preguei e ensinei durante anos.

3 – Teologia Sistemática de Vicent Cheung – Essa Teologia é Reformada, ou seja, recomendada para as Igrejas tradicionais. A maneira de observar as doutrinas bíblicas muda aqui. Alguns temas o autor é mais feliz que outros. Recomendo o capitulo que fala sobre Jesus, principalmente sobre A União Hipostática. Nas livrarias, ou na internet achamos livros e comentários sobre todos os livros da Bíblia.

O novo convertido e as ordenanças

O novo convertido, depois que se encontrar numa Igreja, precisa obedecer a duas ordenanças, que são o Batismo nas Águas, que é o rito de iniciação cristã, o que comprova legalmente, na Lei de Deus, que estou arrependido pela vida que tinha e sigo para outra, com Deus.

Temas Relacionado:

O batizado nas águas poderá agora tomar a Ceia de Cristo, que é uma espécie de alimentação espiritual, para nos dar forças durante aquele período. E todos, mas todos e em todo o tempo precisamos orar para todos e sobre tudo. Que Deus o abençoe irmão, ou irmã que acabou de aceitar a Jesus como seu único Senhor, você fez muito bem. Deus é contigo.

Paulo Sérgio Lários

Paulo Sérgio é Presbitero, tecnico de informática e escritor

Lições para o novo convertido entender melhor a vida cristã

Tempo de leitura: 7 min