Jesus disse ao paralítico, pega a tua cama e vai pra casa

Jesus tem o incrível poder de surpreender! Imagine que certa vez trouxeram diante dele um paralítico. Era um teste, pois qual era a intenção de alguém levar um entrevado até Jesus, não é para ser curado? O relato de Mateus 9.1-8 nos conta que Jesus falou amavelmente ao paralitico, confortando o seu coração dizendo-lhe “os seus pecados estão perdoados”. Mas com a objeção dos mestres da Lei ele os testou e apresentou um desafio ao homem agora perdoado, dando uma ordem imperativa Levanta-te, pega a tua cama e vai pra casa.

Os evangelistas Marcos (2. 3-12) e (Lc 5. 18-36), relatam também este milagre. Nestas passagens o nosso personagem em questão é chamado de o paralítico de Cafarnaum.

Se o assunto tivesse morrido aqui, já estaria bom, pois o problema do ser-humano é o pecado e sempre foi. Entretanto Jesus conhecendo o pensamento deles, talvez ouvindo a murmuração, lhes pergunta o que era mais fácil: perdoar os pecados ou dizer ao paralítico levanta e anda?

Perdoar os pecados é ato exclusivo de Deus e curar um invalido é um ato que demonstra o poder de Deus. O pecado é mais do que um demérito, é o distanciamento de uma pessoa de Deus, que é a nossa fonte de vida e energia. O Espírito Santo de Deus é “a força” que deve estar conosco, se quisermos ter vida, força e vigor.

À pergunta se era fácil curar um paralítico, Jesus causa expectativa. Jesus sempre nos desafia para mais e aqui não foi diferente. Será que Jesus não tinha entendido a principio que se levaram um paralítico até ele, é porque os homens acreditavam que Jesus o pudesse curar? Mas não foi isso que ele fez a principio, mas causou expectativa dando a entender que o poderia fazer.

Levanta-te, pega a tua cama e vai pra casa

pega a tua cama
O homem paralitico está prestes a ser curado. Jesus já o havia perdoado

Jesus disse ao homem: Levanta-te, pega a tua cama e vai pra casa. A respeito do perdão, seria de um sadismo enorme se Deus perdoasse o pecado e deixasse o pecador sem a capacitação possível para ter forças de não pecar. Deus quando perdoa, também liberta do pecado. Quando Deus perdoa, Ele transforma.

Mas poderia surgir uma outra transformação na vida desse homem. Jesus poderia ter escolhido esse homem para ser um apóstolo, ou um pastor, ou poderia ter mandado ele construir um “Templo de Salomão”, ou dito segue-me, mas Jesus não fez nada disso. Essa é aquela situação onde você pensa num ministério e Jesus manda para outro. O que queremos, muitas vezes não é o que Deus quer.

Jesus manda o homem fazer três coisas

1 – Jesus mandou esse homem levantar, isto é, ficar na posição para que Deus possa usar.

2 – Jesus mandou o homem pegar a sua cama, simbolo do problema que o dominava, mas que é ele que agora o carrega. O problema não tem mais poder em sua vida.

3 – Em terceiro lugar Jesus mandou o homem ir para a sua casa.

Algumas vezes, como todos sabemos, é mais fácil ir para uma guerra do que ir para casa. Para alguns é mais fácil ir para o trabalho, ou para a rua, ou ir para o bar, ou cinema ou shopping, do que ir para casa. Ficar a noite inteira conversando com os amigos pode ser muito bom e mais fácil do que ir para casa.

Como era paralítico, a família talvez o não quisesse por perto, pois quem quer ficar perto de um paralitico? Quem fica perto de um paralitico vai ter que dispensar cuidados. Quem conviver com um pobre, em algum momento vai ter que alimentar, dividir o prato. Ir pra casa é enfrentar o problema, de frente.

O homem que Jesus mandou para casa

Deveríamos imaginar um homem, outrora paralítico, batendo na porta da sua casa e olhar de surpresa pelos seus a se deparar com um homem curado e transformado. Mas quem é esse homem que Jesus manda para casa. Em primeiro lugar é um homem perdoado, portanto passível de receber todas as bençãos de Deus. Volta pra casa um homem de pé, ou que se levantou perante Deus.

Imagine um outrora filho problemático, ou esposa pródiga, ou alguém comparado a uma verdadeira ovelha perdida, voltando agora para casa de pé. É esse homem de pé perante Deus que volta pra casa. Volta um perdoado, um convertido, um transformado, um liberto. Volta pra casa um homem curado, o seu mal, a sua doença, o fator que o paralisava, não existe mais. Portanto ele vem para somar e não subtrair.

Volta pra casa um homem obediente. Um homem submisso, pois Jesus disse a ele: Levante, pegue a sua cama e volte para casa. Volta para casa um homem transformado, não um grosso, um rebelde, um revoltado, mas alguém que viu a Deus e o demonstra em obediência, em submissão em ser fácil de lidar. Volta pra casa alguém fácil de lidar, sem rancores ou mágoas.

Essa é a vontade de Deus para todos nós. Deus conhece as nossas mazelas e dores. Jesus quer nos perdoar, nos curar, nos levantar, nos libertar e nos manda ser testemunhas entre os nossos.

Temas Relacionado:

Volta pra casa alguém que ninguém contava mais. Alguém que estava no chão, um paralitico que decerto dependia de outras pessoas para sobreviver, mas agora volta pra casa alguém que viu a Deus. Alguém que tem um testemunho pra contar, uma pessoa liberta, uma pessoa submissa, transformada pelo poder salvífico de Jesus.

Jesus disse ao paralítico, pega a tua cama e vai pra casa

Tempo de leitura: 4 min