A diferença entre o sábio e o ignorante

Os gregos sempre preservaram a sabedoria, é tanto que muito do conhecimento que há mundo é graças à filosofia grega. No entanto, mesmo assim ainda hoje há alguns que ignoram esta questão. Pessoas estupidamente levadas pelo senso do saber egoístico,  pensam que sabem, ou se julgam sabedores do que não sabem, e isso se configura como uma arrogância fatal.

Se nos gregos pela filosofia, o mundo pode enxergar os fatos ou a ciência de formas preponderantes a certas questões, imagine se ignorássemos isso por completo. O mundo de hoje não seria o que é.

Os avanços científicos e tecnológicos fluíram graças à filosofia das descobertas dos gregos. Quero você entenda de que não estamos isentos de críticas de um mundo relativista e cheio de pensadores.

Voltemos um pouco mais, um passo na frente de Platão, Aristóteles, Sócrates. Humanamente falando, eles viveram na terra dos viventes antes de Cristo, não foram antes Dele. Jesus disse aos seus discípulos: “Antes que Abraão existisse, Eu Sou”.

É bem verdade que a definição de sábio é que ele seja desprovido de qualquer influência humana. No mundo da filosofia os eruditos eram aqueles que se mantinham enclausurados em mosteiros isolados de tudo e da sociedade. É tanto verdade isso que, as biografias de Buda que viveu na Índia 600 anos A.C nos provam tais conceitos.

Enquanto que, no âmbito hodierno os fatos são outros. Sábio é aquele que está em busca da filosofia, (Filha, ou amiga da sabedoria), definição crassa a tudo o que expomos aqui. Socrátes, o maior dos sábios, definiu o conceito de sábio, ele disse: “sábio é aquele que sabe que não sabe”.

Jesus, o homem mais sábio de todos os tempos

sábio
Socrátes, considerado um dos homens mais sábios de todos os tempos

Façamos uma análise da frase coadunando com um dos expoentes da sabedoria que o mundo pôde conhecer. Sim, estou falando de Salomão, o filho de Davi (linhagem da qual nasceu) Jesus  que disse: “Antes que Abraão existisse, Eu Sou”. Salomão disse, ou escreveu: “Dá instrução ao sábio, e ele se fará mais sábio, ensina ao justo, e ele crescerá em entendimento. O temor do senhor é o princípio da sabedoria, e a ciência do Santo a prudência”. Pv 9. 9-10

Alguns chegaram a dizer que não existem limites para o conhecimento. Deus criou os homens com uma inteligência grandiosa. Negar isso é ignorar os fatos verdadeiros do conhecimento. É o que disse um grande pensador: “todos somos filósofos”.

O oposto da sabedoria ou do saber é a “ignorância”. Existem alguns que não querem conhecer a verdade como ela é, porque são ignorantes. São pessoas estagnadas quanto a tudo o que Deus tem nos dado, isto é, a verdadeira sabedoria. O sábio é um filósofo pela busca do conhecimento, cresce, é visionário naquilo que acredita.

Temas Relacionados:

Enquanto que, o ignorante é estupidamente assim, porque não tem visão da verdadeira filosofia Sapiente, isto é, Cristo que é a Verdadeira Sabedoria dos Ignorantes e Sábios também. Texto para reflexão para uma verdadeira vida cristã diante de Deus!

José Roberto de Melo

Pr. José Roberto de Melo é Bacharel em Teologia, Professor, Escritor e Graduado em Direito.

A diferença entre o sábio e o ignorante

Tempo de leitura: 2 min