Descubra o segredo de Davi para vencer a depressão

Esta manhã, quando eu estava lendo a Bíblia, deparei-me com este capítulo. Eu queria compartilhar rapidamente este Salmo com você. Davi passou por muitas vicissitudes na vida, havia momentos em que ele se sentia abalado e desamparado, mas sempre recorria a Deus. O Salmo 13 é um destes momentos desesperadores pelos quais Davi passou. Ele escreveu igualmente outros Salmos que fala da depressão, mas vamos estudar o Salmo 13, que é um olhar eloquente para o assunto de luta e depressão.

Até quando te esquecerás de mim, Senhor? Para sempre? Até quando esconderás de mim o teu rosto? Até quando consultarei com a minha alma, tendo tristeza no meu coração cada dia? Até quando se exaltará sobre mim o meu inimigo?

Atende-me, ouve-me, ó Senhor meu Deus; ilumina os meus olhos para que eu não adormeça na morte; para que o meu inimigo não diga: Prevaleci contra ele; e os meus adversários não se alegrem, vindo eu a vacilar. Mas eu confio na tua benignidade; na tua salvação se alegrará o meu coração. Cantarei ao Senhor, porquanto me tem feito muito bem. Sl 13. 1-6

Um dos muitos aspectos da Bíblia que eu aprecio muito é o fato de que é dolorosamente honesta em sua escrita.  Neste Salmo, Davi está claramente deprimido. Ele se sente abandonado por Deus e pessoalmente perdido. O Senhor está distante e os inimigos terrenos de Davi estão perto.  Ele está com medo, tanto para a sua vida terrena e sua alma eterna. Já esteve lá? Eu sim.

O que eu notei, no entanto, é a mudança abrupta na voz de Davi para o final do Salmo. No seu ponto de depressão absoluta (ou pensamentos destrutivos Davi tomou três decisões rápidas.

3 passos de Davi para superar a depressão

depressão

1-Confiar na misericórdia de Deus

Primeiro, Davi decide confiar na “misericórdia” de Deus.  Mesmo durante os tempos em que se sentiu abandonado por Deus, Davi escolheu confiar em Deus como refúgio. Deus é Deus e digno de nossa confiança, não importa o que estamos sentindo. Não importa o quão escuro ficou para Davi (aparentemente a ponto de uma depressão suicida), ele ainda escolheu confiar em Deus com sua vida e bem-estar.

2-Alegrar-se em Deus

Em segundo lugar, Davi escolheu alegrar-se no que ele sabe sobre Deus.  Embora as coisas sejam escuras e Deus pareça distante para Davi, ele muda da depressão para alegria na salvação que Deus prometeu para ele. Nós vemos este ensino também na carta de Paulo de 1 Tessalonicenses 5. 16-18.

Davi demonstra o que Paulo ensina mais tarde no Novo Testamento. Não importa as suas circunstâncias, se alegre. Paulo escreveu as palavras de “Alegrai-vos sempre no Senhor; regozijai-vos” literalmente da prisão. Ele entendeu a pressão que estava sob Davi e repetiu as mesmas palavras.

3-Davi resolveu adorar a Deus

Em terceiro lugar, Davi escolheu realmente adorar.  Ele caiu em depressão, o que é fácil para qualquer um de nós. No entanto, ele não ficou lá. Ele escolheu adorar a Deus em vez de chafurdar na auto-piedade (um tipo de auto-adoração em si). Fomos criados para a adoração.

Eu acredito nisso com todas as fibras do meu corpo. Quando não estamos adorando a Deus, vamos adorar a alguma coisa. Esta adoração pode vir na forma de materialismo, luxúria, avareza, gula, ou muitos outros vícios que tendem a “curvar-se”. Aqui, Davi escolheu fazer sua adoração ao Deus vivo. Ficar longe do medo e da depressão. Boa escolha.

Eu não estou dizendo que é fácil, mas eu estou dizendo que nós encontramos um bom plano para lidar com a depressão e medo neste Salmo. Sim, precisamos do conselho e ajuda de outras pessoas quando estamos presos e atolados em depressão. No entanto, há verdade nos elementos de confiança em Deus, regozijando-se em qualquer circunstância em que nos encontramos, e adorando-O (mesmo no meio da depressão), em vez de adorar a nós mesmos por meio da dúvida, a auto-piedade, e até mesmo auto-aversão.

A depressão é grande, mas Deus é ainda maior. Podemos optar por confiar, exulte, e adore, mesmo no meio das nossas horas mais sombrias.  Já vi isso na vida dos cristãos perseguidos em diferentes partes do mundo. Eu já vi isso em amigos e familiares durante a dor horrível de luto pela morte de entes queridos.

Temas Relacionados:

Cristo prometeu que Ele nunca vai deixar ou abandonar-nos, mesmo quando nós não o sentimos, Ele está presente. Vamos confiar nEle nesta realidade, alegrar-se em sua bondade, e viver vidas de verdadeira adoração.

Artigo traduzido do original em inglês Further thoughts on life and depression – Psalm 13

Descubra o segredo de Davi para vencer a depressão

Tempo de leitura: 3 min