Conheça o plano de Deus para a Agenda Gay

Você certamente está acompanhando as manchetes nos últimos anos, você deve ter notado o incrível aumento do interesse em afirmar a homossexualidade. Tanto no centro de um escândalo religioso, corrupção política, legislação radical ou a redefinição do casamento. Homossexuais e simpatizantes se esforçam para caracterizar a América como uma nação aberta e favorável ao homossexualismo. Isso é uma indicação do sucesso da agenda gay. Como você deve responder para o sucesso da agenda gay?

Alguns cristãos, incluindo os líderes da igreja, têm vacilado na questão. Infelizmente, quando as pessoas se recusam a reconhecer a pecaminosidade do homossexualismo – chamando ao “mal” bem e ao “bem” mal (Is 5. 20) – Esta tremenda inversão de valores, causa a destruição de muitas almas.

Na realidade, a Bíblia recomenda um equilíbrio entre o que algumas pessoas pensam, que são duas reações opostas – condenação e compaixão. Realmente, as duas coisas juntas são elementos essenciais do amor bíblico, e isso é algo que o pecador homossexual precisa desesperadamente.

Defensores da homossexualidade tem sido extraordinariamente eficazes em vender suas interpretações distorcidas das passagens nas escrituras de que a homossexualidade é pretensamente aceita ou tolerada. Quando você pergunta a um homossexual o que a Bíblia diz sobre a homossexualidade – e muitos deles sabem – eles tem apresentado uma interpretação que não é só distorcida, mas também completamente irracional.

Argumentos pró-homossexuais da Bíblia não são nada mais que dissimulações – quando você chega perto, você vê através delas. A condenação de Deus a homossexualidade é abundantemente clara em todos os tempos e épocas.

– Nos patriarcas (Gn 19. 1-28) – Na lei de Moisés (Lv 18. 22; 20. 13) – Nos profetas (Ez 16. 46-50) – No novo testamento (Rm 01. 18-27; 1 Co 6. 9-10; Judas, 7-8)

Por que Deus condena a homossexualidade?

agenda gay

Por que Deus condena a homossexualidade? Porque isso derruba o projeto fundamental de Deus para os relacionamentos, um projeto humano que prevê a relação complementar entre um homem e uma mulher (Gn 02. 18-25; Mt 19. 4-6; Ef 5. 22-33). Por que então, tem homossexuais fazendo interpretações das Escrituras e sendo tão bem sucedidos ao ponto de persuadir a muitos? Simples: as pessoas querem ser convencidas.

Desde que a Bíblia é tão clara sobre o assunto, os pecadores tiveram que desafiar a razão e abraçar o erro para acalmar suas consciências, conforme acusa (Rm 02. 14-16). Como Jesus disse, “os homens adoravam a escuridão ao invés da luz, [porque] suas obras eram más” (Jo 03. 19-20).

Como cristão você não deve comprometer o que a Bíblia diz sobre a homossexualidade – nunca. Não importa o quanto você deseja ser compassivo para com o homossexual. Suas primeiras simpatias pertencem ao senhor e a exaltação da sua justiça. Os homossexuais estão em rebeldia desafiante contra a vontade de seu criador. Desde o início Deus os “os fez macho e fêmea” Mt 19. 4

Não se permita ser intimidado pelos defensores de homossexuais e seus argumentos fúteis de raciocínio, sem substância. Os homossexuais e aqueles que defendem o pecado são fundamentalmente comprometidos contra o senhorio de Cristo neste mundo.

Sua rebelião é inútil, pois o Espírito Santo diz, “você não sabe que os injustos não herdarão o Reino de Deus? Não se deixe enganar; nem fornicadores, nem idólatras, nem adúlteros, nem efeminados, nem os homossexuais, nem ladrões, nem os avarentos, nem bêbados, nem maldizentes, nem roubadores, herdarão o Reino de Deus .” 1 Co 6. 9-10; Gl 5. 19-21

Qual é a resposta de Deus para a agenda gay?

Reivindicar que as Escrituras sustentam a homossexualidade e que Deus não se importa com a orientação sexual da pessoa é comprometer a verdade de Deus e enganar os que estão perecendo. Quando você interage com os homossexuais e seus simpatizantes, você deve afirmar a condenação da Bíblia.

Você não deve trazer a condenação a cabeça dos homossexuais, deve ministrar a vontade de Deus, para que um vez cumprida, eles possam transformar-se, libertar-se do pecado e abraçar a única esperança de salvação para todos nós pecadores – que é através da fé no Senhor Jesus Cristo.

Os homossexuais precisam de salvação. Eles não precisam de cura, a homossexualidade não é uma doença. Eles não precisam de terapia, a homossexualidade não é uma condição psicológica. Os homossexuais precisam de perdão, porque a homossexualidade é um pecado.

Não sei como aconteceu, mas há algumas décadas atrás alguém deu a marca “homossexual” o pior equívoco – “gay”. Gay costumava dizer feliz, mas eu garanto, os homossexuais não são pessoas felizes. Habitualmente, eles procuram felicidade seguindo prazeres destrutivos.

O homossexualismo é paixão degradante

Há uma razão Romanos 1. 26 chama a homossexualidade de uma paixão “degradante”. É um desejo que destrói o corpo físico, arruína relacionamentos e traz sofrimento perpétuo à alma. Seu fim é a morte (Rm 7. 5). Os homossexuais estão experimentando o julgamento de Deus (Rm 1. 24, 26, 28).

Primeiro Coríntios 6 é bem claro sobre a consequência eterna para aqueles que praticam a homossexualidade, mas há boas notícias. Não importa o que o pecado é, se a homossexualidade ou qualquer outra coisa. Deus providenciou perdão, salvação e a esperança da vida eterna àqueles que se arrependem e abraçam o Evangelho.

Logo depois de identificar os homossexuais como aqueles que “não herdarão o Reino de Deus”, disse Paulo, “tais foram alguns de vós; Mas vocês foram lavados, mas vocês foram santificados, mas fostes justificados em nome do Senhor Jesus Cristo e no espírito do nosso Deus”. 1 Co 6. 11

O plano de Deus para muitos homossexuais é que eles venham para a salvação. Havia ex-homossexuais na igreja coríntia nos dias de Paulo, assim como existem muitos ex-homossexuais em minha igreja e em outras igrejas no mundo. Com corações regenerados, sentam-se em igrejas bíblicas em todo o país, elogiando o seu Salvador, juntamente com os antigos fornicadores, idólatras, adúlteros, ladrões, cobiçadores, bêbados, maldizentes e roubadores. Lembrem-se, tais foram alguns de vocês também.

Qual deve ser a sua resposta para a agenda gay

Qual deve ser a sua resposta para a agenda gay? Apresentar uma resposta conforme as Escrituras. Confrontá-lo com a verdade das escrituras que condena a homossexualidade e promete a danação eterna para todos os que a praticam.

Qual deve ser a sua resposta para o homossexual? Ser um portador de uma resposta. Questionar-lo com a verdade das escrituras que o condena como um pecador e apontar-lhe a esperança da salvação através do arrependimento e fé em Jesus Cristo. Permaneça fiel ao senhor quando você responder a um homossexual, honrando a sua palavra e deixe os resultados com ele.

Temas relacionado:

Artigo traduzido do original em inglês God’s Plan for the Gay Agenda

Conheça o plano de Deus para a Agenda Gay

Tempo de leitura: 5 min