Com uma letra Deus transformou a vida de Sara

Impressionante o modo como Deus trabalha na vida de uma pessoa, muitas vezes, basta uma pequena, mas significativa mudança para viver uma vida vitoriosa. Falamos de Sarai que se tornou uma pessoa melhor e abençoada apenas com a retirada de uma letra de seu nome. Deus mudou o nome de Sara, cujo nome primitivo era Sarai, significando princesa ou contenção.

Analisemos rapidamente a vida de Sara para tirarmos preciosas lições para nós. Deus tornou o nome Sarai em Sara, tirando a letra I.

A letra I da incompetência

Deus começou a mudar a vida de Sara começando pela mudança do nome. Naquele tempo era muito importante uma mulher gerar filhos, deixar uma descendência, um nome na posteridade.

Biologicamente Sara já não podia gerar filhos, pois havia passado o seu período fértil. Hoje, muitos cristãos não tem a competência do apóstolo Paulo que declarou: “Meus filhinhos por quem de novo sinto as dores de parto, até que Cristo seja formado em vós; porque eu pelo evangelho vos gerei em Jesus Cristo.”

Você! Você tem levado alguém a Jesus Cristo? Tem cumprido o Ide de teu Senhor? Ou você está indiferente? Então peça ao Senhor para tirar da sua vida a letra I. A letra I da indiferença. O Senhor havia prometido ao casal Abrão e Sarai um filho.

Ora, Sarai indiferente á promessa de Deus, deu a sua serva Agar para coabitar com Abrão, gerando dessa união um filho, á saber, Ismael. A conseqüência deste ato é conhecida de todos nós. A sua implicação é sentida ainda hoje.

A letra I da incompreensão

sara
Imagem representativa da passagem do velho homem para o novo

A indiferença da graça de Deus na vida de Sarai, levou-a à conseqüente incompreensão do tempo do Eterno. Tentando ajudá-lo, Sarai trouxe desarmonia para o lar.

A letra I da infantilidade

Sara sentia ciúmes de Agar e seu filho Ismael. O ciúme a levara á um estado de debilidade infantil, não agia como uma senhora de bom senso, de plena posse de suas faculdades mentais. Quantos estagnaram no tempo, sendo ainda crianças? Pelo tempo em que estão no Evangelho, deveriam ser adultos, porém, ainda agem como meninos.

Paulo tem uma exortação para os meninos em 1 Co 14 .20 e 13. 11: “irmãos, não sejais meninos no entendimento. Quando eu era menino, falava como menino, sentia como menino, discorria como menino, mas, logo que cheguei a ser homem, acabei com as coisas de menino”.

A letra I da inveja

Como um abismo chama outro abismo, e um cego guiando a outro cego, ambos cairão no abismo, assim foi com Sara. A infantilidade levou-a a inveja. Invejava Ismael. Tanto fez que acabou provocando a expulsão de Ismael e Agar de casa.

Com uma letra Deus transformou a vida de Sara

Tempo de leitura: 2 min