Ateus transformam igrejas em bibliotecas

Uma coisa curiosa está acontecendo no Velho Mundo (Europa), mais precisamente na Holanda. A última pesquisa realizada no país indica que 44% da população são de ateus. Com tanta gente professando o ateísmo e os católicos (28% da população) deixando de frequentar as igrejas e templos, estas estão cada vez mais vazias.

Consequentemente fica difícil mantê-las, sendo as mesmas transformadas em pubs, cafés, livrarias e até casas de shows. Isso não exclui Deus da convicção de quem crer. Ateus são pessoas que são crentes, eles têm tanta fé na existência de Deus que o “crer não existir” torna-se numa fé oculta.

É como afirma um exímio professor “o ateu crer que Deus não existe.  Noção, e convicção de algo eles possuem. Dizer que Deus não existe já é uma suposição do “existir de Deus”. Eles acreditam no subconsciente que existe um Ser Supremo e esse ser é concomitantemente Deus”.

Não podemos achar que tudo o que há possa ser verdades incontestáveis, é o caso da posição ateísta. Os ateus podem e devem conter seus posicionamentos que fogem da lógica humana. Puro egoísmo. É o que muitos afirmam que pelo fato de existir a liberdade religiosa, é legal e natural que os ateus tenham razões e afirmem a não existência de Deus.

É como se isso fosse algo comum, pois nada disso justifica algo anormal do ponto de vista humano. É lógico que desde que existiu o mundo que há pessoas com posição ateísta, mas isso não muda em nada e nem abala a Fé em quem acredita em um Ser Superior, Deus.

Um ateu perguntou a uma criança: “Onde está Deus?”, esta lhe devolveu a pergunta dizendo: “E onde Deus não está?” É como se alguém afirmasse que o “mar não existe”. Mas, o dizer não é a mesma coisa que é. Se formos à praia encontraremos o mar. Então diante desta lógica, os argumentos ateístas caem por terra. Alguns afirmam que a religião ateísta é justamente “não crer”, mas isso se configura de forma ilógica a tal posição.

O termo “religião” vem do Latim, “Relligere”, que significa ligar o que estava desligado. Então, como alguém pode ser religioso se não acredita no “místico”? Naquilo que está acima de todos.

Deus sempre existirá para céticos e ateus

igrejas em bibliotecas
Biblioteca onde ateus tem feito reuniões regulares

Para os céticos ou ateus Deus sempre existirá, mesmo que eles não admitem fatos. Conquanto que, mesmo assim, Deus não deixou e nem deixará de existir, para eles é ilógico acreditar e indagam à fé alheia, mas quem são os ateus? Se eles não aceitam a existência de Deus. Ele Existe! Isso é fato que está escrito na tábua do coração daquele que está em qualquer lugar deste mundo.

Às vezes precisamos analisar a palavra que expressa a fé. A expressão “crer” na sua essência também pressupõe não crer. Deus ao criar o homem tornou este dotado de um poder inegável, o livre arbítrio. Neste aspecto somos livres para escolher se acreditamos ou não em Deus ou nos fatos da existência do mundo.

Temas Relacionado:

Deus outorgou aos ateus, o livre poder de escolher se acredita ou não na sua própria existência. Porém, mediante a ação ateísta o próprio Deus pedirá prestação de contas a todos que negaram ou negam a sua existência, e cada um receberá a sentença por suas ignorâncias quanto ao Senhor.

José Roberto de Melo

Pr. José Roberto de Melo é Bacharel em Teologia, Professor, Escritor e Graduado em Direito

Ateus transformam igrejas em bibliotecas

Tempo de leitura: 3 min