Acreditar no impossível é acreditar em Deus

No mundo há os que se dizem sábios, mas são indoutos do ponto de vista daquilo que expressam a respeito de Deus. Expressamos a ideia humana de mensurar aquilo que é ontologicamente impossível. É sumamente sábio quando aceitamos aquilo que de Deus acreditamos. Acreditar no impossível é acreditar em Deus, é agir pela fé.

Deus não é o que muitos pensam a seu respeito, quando querem mensurá-lo pelas vias humanas. O homem que não consegue explicar Deus, sente inquietação sobre a existência do Altíssimo. Quando Deus se manifesta no mundo dos homens, mesmo sendo estes céticos a seu respeito, isso não o diminui em nada. Um ateu afirma que Deus não existe, mas será que dá pra se acreditar no que ele afirma? Ora, vejo isso como uma forma egoísta.

Sim porque tudo aquilo que sabemos ou não a respeito de Deus se veem pelos expedientes da fé e da razão humana. Cai por terra qualquer afirmação que perdure como verdade absoluta as afirmações ateístas, que Deus não existe.

Por mais que seja impossível para qualquer humano tentar explicar Deus pelos extintos humanos, não terá como fazê-lo de forma satisfatória. Pois, ninguém terá condição de explicar o inexplicável. Deus é Espírito Auto-Existente, não está sujeito a qualquer especulação humana.

Acreditar no impossível é crer em Deus

acreditar no impossível
Os céus declaram a glória de Deus; o firmamento proclama a obra das suas mãos. Um dia fala disso a outro dia; uma noite o revela a outra noite. Sl 19. 1,2

Tudo aquilo que sabemos a respeito de Deus é o que nos explicita a sua Infalível Palavra. Para os que acreditam na sua existência nada há de impossível. A fé alcança o coração. Acreditar no impossível é acreditar que não existe nada impossível para o Deus Soberano.

Dessa forma, se acredita que, tudo está sob o seu domínio e ação. Ele controla todas as coisas, pois elas foram criadas pela Palavra do seu poder. O que não existia, veio a existência pela voz do seu poder. Deus usou a Palavra como veículo para dar à existência a tudo o que não existia.

Usou o verbo “bara”, que significa criar do “Nada”, aquilo que não tinha existência veio a existir pela Palavra de sua boca. Ele disse: “Faça-se”, e aquilo que não existia “apareceu”. Os ateus não acreditam nessa possibilidade, mas nós acreditamos. Deus é o Senhor Soberano sobre todas as coisas, e tudo está sob o domínio do seu poder! Portanto, queiram os homens ou não, todos estão debaixo do domínio Soberano de Deus. Ateus, sábios, filósofos, cientistas, presidentes de grandes potencias mundiais, governos, tiranos, pobres, e ricos.

Temas Relacionado:

Ninguém estará no limbo do esquecimento, como assim disse um teólogo, “que Deus criou o homem, e deixou-o no esquecimento”. Totalmente equivocado na sua forma de pensar. Há quem pensa que Deus se esqueceu dos homens, mas é só ler na Bíblia de onde advém as respostas às indagações humanas.

José Roberto de Melo

Pr. José Roberto de Melo é Bacharel em Teologia, Professor, Escritor e Graduado em Direito

Acreditar no impossível é acreditar em Deus

Tempo de leitura: 2 min