A angustiante espera de um milagre

Existe uma expectativa, num ato que é puramente evangélico, que é a espera constante do milagre. O crente vive na expectativa de que hoje seja o dia de seu milagre. Diferentemente de outras religiões, que ensinam que a Bíblia não é literal, mas um compêndio de historinhas para enlevar a alma, eu quero afirmar a veracidade da Bíblia como livro histórico e real.

Apesar de muitos dos fatos relatados na Bíblia serem de difícil interpretação, ou ainda, alguns não se interpretam, a não ser por interferência direta do Espírito Santo. Apesar disso tudo, eu creio na veracidade e na historicidade da Bíblia.

Eu e quase três bilhões de pessoas no mundo creem que a Bíblia é literal em quase tudo, a não ser em casos diretos relatados por Jesus como parábolas, ou similares – que aliás são poucos. Sendo assim o milagre é real.

Deus realiza milagres mesmo em nossa época, onde o amor está esfriando rapidamente. E uma turmona aí está a espera constante e imediate do milagre. Do seu milagre, diga-se.

Só que muitos não se ateem que Jesus não realiza milagres fortuitos, de graça, sem motivo. Aliás, Jesus só realizava milagres com propósitos. A estrutura, ou a razão de ser do milagre é em ultimo caso didático. O milagre é didático! Principalmente no Novo Testamento, onde conseguimos entender mais quem é Deus, observando a pessoa de seu Filho. Temo, que muitos milagres, de graça, que ocorrem, não são de Deus, ou não são milagres.

A estrutura do milagre

milagre
Michael Clarke em cena do filme A espera de um milagre

Que angustia é essa de viver esperando um milagre? Que angustia é essa de viver na expectativa de que Deus intervenha em nossa história humana, para realizar os nossos desejos, ou sanar as nossas dores? Deus não precisa realizar milagres para trabalhar em nossas vidas.

Talvez não tenhamos entendido que Deus trabalha com transformações de alma, de natureza. Milagre nenhum na Bíblia é fortuito, feito só por se fazer, sem nexo, sem explicação, sem ter algo em mente, além do perceptível, do humano. Na maioria do tempo, em que vejo os irmãos que desejam um milagre, eu noto que Deus na verdade, não necessita de intervir, lá do Céu, quer dizer: Deus não precisa descer do céu, para nos ajudar em nossos desejos, nem sempre lícitos.

Mas Deus não perdeu a capacidade de realizar milagres. Ele pode realizar milagres para nós, em nós e por nós. A problemática é que Deus não realiza milagres, só pra mostrar que Ele detém todo o poder e pode realizá-los. Milagre quando acontece é para servir de exemplo e mostrar didaticamente, uma lição, uma profunda lição, a quem a Ele invoca.

Temas Relacionado:

Talvez, Deus não precise intervir em nossa história, fazendo o monte fumegar, e estremece-lo com raios e trovões, conforme fez com o Sinai, com Moisés e o povo no deserto. O nosso estremecer, conforme nos mostra o terremoto que ocorreu na prisão onde estavam Silas e Paulo, venha de dentro de nós, de nossas profundezas, até criar luz e ser visível a todos.

Paulo Sérgio Lários

Paulo Sérgio é Presbitero, tecnico de informática e escritor

A angustiante espera de um milagre

Tempo de leitura: 2 min